MUNDIAL SUB-17: HISTÓRIA DA COMPETIÇÃO

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Mundial feminino sub-17 terá início no dia 30 deste mês e o Planeta Futebol Feminino preparou um guia especial sobre a história das edições passadas do torneio.

Realizado desde 2008, em quatro edições, tivemos quatro vencedores diferentes. (FOTO: fifa.com)
Realizado desde 2008, em quatro edições, tivemos quatro vencedores diferentes. (FOTO: fifa.com)

Por: Bruno Bezerra

Faltam poucos dias para o início do mundial feminino sub-17, que em sua quinta edição será realizado pela primeira vez no Oriente Médio, tendo como sede a Jordânia.

Após o sucesso do então mundial sub-19, iniciado em 2002, a FIFA decidiu criar mais um torneio de base para o futebol feminino, no caso o sub-17, para jogadoras com até 17 anos de idade e promoveu a ampliação do limite de idade do mundial sub-19, que a partir de 2006 se transformou em sub-20.

A redação do Planeta Futebol Feminino preparou uma postagem para falar um pouco sobre o histórico da competição, que teve início há oito anos atrás e que revelou diversas grandes jogadoras no cenário mundial.

Nova Zelândia – 2008

Norte coreanas foram campeãs em 2008. (FOTO: fifa.com)
Norte coreanas foram campeãs em 2008. (FOTO: fifa.com)

 

A primeira edição do mundial sub-17 foi realizado na Nova Zelândia e contou com 16 seleções das cinco confederações da FIFA. As equipes classificadas serão divididas em quatro grupos de quatro equipes cada onde todas se enfrentam dentro dos grupos, num total de três partidas. A vencedora e a segunda colocada de cada grupo avançariam as quartas-de-final.

A grande campeã do torneio foi a Coréia do Norte, uma surpresa até, dado que na estreia no mundial a equipe havia sido derrotada por 5 a 0 diante da forte seleção da Alemanha. Após passar em segundo em seu grupo e uma excelente recuperação, as norte-coreanas se sagraram campeãs ao bater os Estados Unidos na grande final da competição, com a Alemanha conquistando a terceira colocação ao vencer a Inglaterra. A meia alemã Dzsenifer Marozsán foi a grande artilheira do torneio com 6 gols marcados em 5 jogos, a atacante japonesa Mana Iwabuchi foi eleita a melhor jogadora da competição e a goleira norte-americana Taylor Vancil a luva de ouro.

A participação brasileira foi curta na competição. Com 1 empate contra a Nigéria e derrotas para Inglaterra e Coréia do Sul, fizeram com que o Brasil fosse eliminado ainda na primeira fase com apenas 1 ponto.

Trinidad e Tobago – 2010

Sul-coreanas foram as campeãs em 2010 (FOTO: fifa.com)
Sul-coreanas foram as campeãs em 2010 (FOTO: fifa.com)

Dois anos depois, o mundial sub-17 desembarcou no Caribe, mais especificamente em Trinidad e Tobago. Com o mesmo formato da edição anterior, o torneio teve mais uma equipe asiática campeã, no caso a Coréia do Sul que venceu o Japão na grande decisão do torneio. Curiosamente a Coréia do Sul também havia sido derrotada pela Alemanha, assim como sua vizinha do Norte, na primeira fase.

A terceira colocação foi da Espanha que venceu a Coréia do Norte na disputa pelo pódio. O grande destaque do torneio foi a atacante sul-coreana Yeo-Min Ji que faturou tanto a chuteira, como a bola de ouro do torneio com 8 gols marcados, enquanto a espanhola Dolores Gallardo foi eleita a melhor goleira do torneio.

A campanha brasileira foi superior a de 2008. O Brasil passou como segundo colocado em seu grupo, o D, ao vencer Irlanda e Canadá, perdendo para Gana. Na fase de quartas de final o Brasil fora derrotado por 2 a 1 para a seleção da Espanha.

Azerbaijão-2012

A França conquistou seu primeiro título em 2012, o primeiro de uma seleção europeia, quebrando a hegemonia asiática. (FOTO: fifa.com)
A França conquistou seu primeiro título em 2012, o primeiro de uma seleção europeia, quebrando a hegemonia asiática. (FOTO: fifa.com)

Pela primeira vez sendo realizado na Ásia, o Azerbaijão foi sede do primeiro título de uma equipe europeia no campeonato mundial feminino sub-17. A França bateu na grande final a seleção da Coréia do Norte nos pênaltis, com Gana se sagrando terceira colocada ao vencer a Alemanha na disputa pelo pódio. A atacante norte-coreana Ri Un-Sim foi a chuteira de ouro da competição com 8 gols marcados, com a zagueira Griedge Mbock Bathy sendo eleita a bola de ouro da competição e a goleira Romane Bruneau a luva de ouro.

Assim como em 2010, o Brasil foi eliminado nas quartas de final diante da Alemanha, após ter passado como segundo colocado em grupo que tinha Japão, México e Nova Zelândia.

Costa Rica – 2014

Japonesas conseguiram seu primeiro título há 2 anos atrás. (FOTO: fifa.com)
Japonesas conseguiram seu primeiro título há 2 anos atrás. (FOTO: fifa.com)

Voltando a América Central, a Costa Rica foi sede do torneio há dois anos atrás, que teve o Japão conquistando seu primeiro título diante da Espanha ao vencer a final por 2 a 0, com a Itália ficando na terceira colocação e a Venezuela em quarto lugar. A atacante japonesa Hina Sugita foi a melhor jogadora do torneio, enquanto a chuteira de ouro foi dividida entre as venezuelanas Deyna Castellanos e Gabriela García. A japonesa Mamiko Matsumoto foi eleita a melhor goleira do torneio.

Foi a primeira vez que o Brasil não disputou o mundial sub-17. Os representantes sul-americanos foram Colombia, Paraguai e a Venezuela.

No dia 30, sexta feira, teremos o início do mundial sub-17 desse ano e o Planeta Futebol Feminino irá acompanhar tudo o que de melhor ocorrer no torneio, assim como postar ao decorrer da semana o guia dos quatro grupos do torneio.

Comente

comments