Guia da Damallsvenkan 2015

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Um das maiores ligas de futebol feminino do planeta está perto de começar e promete uma edição de muita rivalidade.

datrophy
Troféu do campeonato sueco.

 

 

Por: Odair Vasconcelos – odair@planetafutebolfeminino.com.br

E amanhã começa o campeonato sueco de futebol feminino, a Damallsvenkan, uma das ligas mais competitivas do mundo e o Planeta Futebol Feminino traz um guia para todos conhecerem um pouco mais do futebol feminino sueco.

A Damallsvenskan existe desde 1988, até aqui foram disputadas 26 edições, a equipe com maior número de títulos  é o FC Rosengård (LdB FC Malmö), com nove, seguido pelo Umeå IK que tem sete títulos.

A competição acontece da seguinte forma, as 12 equipes enfrentam em sí em turno e returno, a campeã e vice-campeã garantem vaga na UEFA Women’s Champions League, já as duas ultimas são rebaixadas para a segunda divisão.

 

FC Rosengård

Rosengård

O atual campeão da competição volta mais forte do que nunca para essa edição, a equipe busca seu décimo titulo nacional e terceiro seguido. Com praticamente o mesmo elenco da edição passada, podemos ver o time mais amadurecido e melhor entrosado, o principal destaque da equipe é brasileira Marta, que neste ano, até aqui, marcou em todos os jogos do time. O grande reforço do time para esta temporada é a sueca Emma Berglund, que já é titular absoluta na zaga do time.

 

KIF Örebro

KIFÖrebro

Com uma temporada cheia (Liga sueca, Copa da Suécia e Champions league), a equipe do Örebro tem como grande objetivo tentar se manter nas primeiras posições da liga sueca, além de tentar chegar o mais longe possível na UWCL, para conseguir tudo isso a equipe teve que buscar grandes reforços para suas grandes disputas, Lisa Dalkvist e Carola Söberg, jogadoras da seleção sueca, foram as contratadas.

 

Kopparbergs/Göteborg FC

KoppGöteborg

 

Göteborg é um dos clubes femininos mais famosos do futebol sueco, time que curiosamente é patrocinado pela cervejaria Kopparbergs. A equipe já disputou oito temporadas da Damallsvenskan, mas nunca ganhou um titulo, seu melhor resultado foram dois vices campeonatos em 2010 e 2011. A contratação mais forte da equipe para essa temporada, foi a atacante Elin Rubensson.

 

Linköpings FC

Linköping

 

Fundado em 2003 com a meta de estabelecer o futebol feminino como um esporte na cidade de Linköping e eventualmente tornar-se uma das quatro melhores equipes da Suécia. Hoje, com um time bem formado, o Linköping é citado pelos grandes portais suecos como a unica equipe pode tirar o titulo do Rosengård. E as outras equipes devem tomar bastante cuidado, pois o trio de ataque formado por Stina Blackstenius, Fridolina Rolfö e Pernille Harder pode dar o que falar nesta edição.

 

Kristianstads DFF

Kristianstad

Na primeira divisão desde de 2008, a equipe do sul da Suécia tem uma quinta colocação na edição passada como sua melhor performasse na Damallsvenskan. Para esta edição a equipe poderá contar com a atacante Margrét Lára Viðarsdóttir, que volta ao time após dois anos. As maiores perdas do time para a temporada são Marija Banušic e Hedvig Lindahl, que se transferiram para o futebol inglês.

 

Umeå IK

UmeåIK

Com sete títulos do campeonato sueco, é a segunda equipe com mais títulos do futebol feminino sueco. Mesmo com tantas glórias no passado, hoje em dia a equipe passa por uma má fase que já a persegue por alguns anos. Com um elenco mais reduzido para essa temporada, a torcida aposta todas suas fichas na jovem promessa sueca, Lina Hurtig.

 

Eskilstuna United DFF

Eskilstuna2014

Pelo segundo ano na primeira divisão, a equipe do Eskilstuna busca mais do que um sétimo lugar, como foi na edição passada. Mesmo contando com a experiência de Sara Thunebro e Annica Svenson nas laterais, a equipe aposta mesmo é na juventude de Malin Diaz e Olivia Schough, além de poder contar com o faro de gol da camaronesa Gaëlle Enganamouit.

 

Vittsjö GIK

vittsjo

Trazendo uma amargo oitavo lugar na edição, a equipe do Vittsjö trouxe bons reforços e procurou manter jogadoras chaves para edição de 2015, entre os reforços Lisa Klinga é o maior destaque, a lateral de 23 anos estava atuando no futebol norueguês, além de ter feito parte do Tyresö. Nomes como Jane Ross, Ifeoma Dieke, Antonia Görasson e Kirsty Yallop tiveram seus contratos renovados.

 

Piteå IF

Piteå

 

Na primeira divisão desde 2011, o time em todas temporadas mostrou um futebol bem defensível e nunca conseguiu grandes ares na competição, a melhor colocação da equipe foi apenas um sétimo lugar. A jogadora de destaque do time é capitã, Emilia Appelqvist.

 

AIK

AIKdam

 

A equipe se salvou do rebaixamento na edição passada graças a retirada do Tyresö da Damallsvenskan. Para essa temporada a equipe tem o mesmo objetivo, se salvar do rebaixamento. Emma Lundh e Juliette Kemppi serão as responsáveis por marcar os gols e tentarem levar o time um pouco mais alto na tabela.

 

Hammarby IF

Hammarby

De volta a primeira divisão após três temporadas, a equipe do Hammarby tem em sua história um titulo do campeonato sueco em 1985 e um vice campeonato em 1994. As contratações da equipe para essa temporada mostram que a diretoria almejam bons resultados, a voltante Katrin Schmidt, e a goleira Sofia Lundgren darão experiência para o jovem elenco.

 

Mallbacken IF

mallbacken2013

 

De volta a elite do futebol sueco, a equipe do Mallbacken tem como principal objetivo permanecer na primeira divisão, para isso a equipe manteve o elenco que foi vice-campeão da segunda divisão. A volante norte-americana Katie Bethke é a jogadora a ser observada desta equipe.

 

Confira os jogos da primeira rodada:

hammarby_mallbacken

Sábado (11/04) – Hammarby x Mallbacken (10h)

Domingo (12/04) – Kristianstad x Umeå (08h)

Domingo (12/04) – Piteå x Vittsjö (09h)

Domingo (12/04) – AIK x Göteborg FC (09h30)

Domingo (12/04) – KIF Örebro x Rosengård (09h45)

Domingo (12/04) – Eskilstuna United x Linköping (12h)

Comente

comments